Posts Tagged ‘tutoriais’

  1. Como fazer papel machê – Receita fácil!

    setembro 26, 2017 by Angelyne

    O papel machê se desenvolveu na China. Pérsia e Índia mais ou menos uns dois séculos antes de Cristo.

    Foi utilizado na Europa, primeiramente na França (papier mâché) e depois na Inglaterra e Itália. As famosas máscaras de Carnaval de Veneza eram feitas com esse material.

    Através dos tempos muitos objetos decorativos e utilitários foram feitos com papel machê! Veja abaixo alguns objetos antigos! Passe o mouse sobre as fotos para ver a legenda ou clique para ver a imagem inteira.

     

    A seguir, objetos da atualidade!

     

    COMO FAZER PAPEL MACHE

    Tutorial e fotos de Miranda Rook, traduzido e adaptado do site papiermache.co.uk

     

    Materiais:

    • Revistas de folhas brilhantes
    • Caixas de ovos
    • Escorredor de massa
    • Saco para drenagem ou meia de nylon
    • Equipamentos elétricos (batedeira, mixer, furadeira)
    • Cola branca PVA

     

    Modo de fazer:

    1. Guarde caixas de ovos e revistas de papel brilhante: aproximadamente 10 ou 12 caixas de ovos e 1 ou 2 revistas de tamanho médio para encher um balde. Remova grampos e partes com cola, rasgue em pedaços de mais ou menos 2,5 cm.

    Coloque os pedaços rasgados em um balde

    Coloque os pedaços rasgados em um balde

    Assegure-se de misturar bem com as mãos os pedaços de caixa e revista, adicione água suficiente para cobrir bem todo o material obtido e deixe de molho até o dia seguinte.

    2. Derrame a mistura encharcada dentro da pia tampada e amasse bem.

    Colocar a massa na pia tampada

    Coloque a massa na pia tampada

    3. Se a mistura estiver bem encharcada você pode usar sua batedeira dentro de vasilhas fundas (para não espirrar) até amassar totalmente. 

    Use a batedeira para misturar a massa

    Use a batedeira para misturar a massa

    Para quantidades maiores de mistura você pode usar uma furadeira com a peça de misturar argamassa. Essa ferramenta é mais eficiente.

    Usar a furadeira para misturar a massa

    Usar a furadeira para misturar a massa

    Use a furadeira para misturar a massa

    4. Drene o excesso de água usando um escorredor e um saco de drenagem ou meia de nylon; aperte bem para remover o máximo de água que puder.

    Coloque o saco ou meia no escorredor

    Coloque o saco ou meia no escorredor

    Drenar em saco ou meia de nylon

    Drene em saco ou meia de nylon

    5. Divida a polpa obtida, enrole em grandes “almôndegas” e use em seguida ou deixe secar e use quando precisar.

    Faça grandes "almôndegas" com a polpa

    Faça grandes “almôndegas” com a polpa

    Faça bolas de polpa

    As bolas de polpa endurecem como pedras

    6. As bolas secas ficarão duras como pedra. Para poder usá-las, adicione água até que elas desmanchem e então, usando a batedeira, misture-as com cola branca PVA na proporção de um porta ovo quente para cada bola de massa.

    Se você quiser uma consistência mais fina pode usar seu mixer para tornar a polpa mais fina. Misture pequenas quantidades por vez (uma xícara de café) e certifique-se de que a massa esteja bem encharcada para não queimar o motor do seu equipamento, mas que também não esteja escorrendo muito.

    Usar o mixer para afinar a polpa

    Use o mixer para afinar a polpa

    Use o mixer para uma polpa mais fina

    Use o mixer em pequenas quantidades para uma polpa mais fina

    Esta polpa é muito fácil de fazer (sem fervura, alvejante ou semanas de molho), fácil de trabalhar e limpa (não gruda nos dedos e não escorre para todo lado). Dura semanas dentro ou fora da geladeira.

    Você pode manter um suprimento para ir usando quando preciso.

    Agora é só dar asas à sua imaginação e criar os objetos que quiser.

    Se tiver alguma dúvida pergunte aqui.

    Até a próxima!

    Angelyne

     


  2. Upciclagem de disquetes criando pingente tipo drusa

    agosto 6, 2017 by Angelyne

    Voltar à lista de PAPs

    Olá Pessoal, vamos à nossa upciclagem de hoje. 

    Vocês ainda têm disquetes antigos? Lembram-se deles?

    flop diskReforço metálico do eixo do disquete
    Os disquetes já foram tecnologia de ponta um dia, agora não tem mais uso. Pelo menos não para sua finalidade original, mas ainda podem ser transformados em algum outro objeto, através da upciclagem. Minha sugestão é um pingente feito com o reforço metálico do eixo de rotação do disquete (simplesmente reforço). Esta pecinha redonda na foto da direita.

    Upciclagem: PAP do pingente imitando drusa

    upciclagem pingente drusa upciclagem pingente drusa
    Materiais:

    1 reforço metálico de disquete (ou vários, caso pretenda fazer mais de um pingente)
    Fita durex
    Cola quente
    2 tons de glíter (um mais claro e outro mais escuro)
    1 folha de papel sulfite
    1 pincel macio pequeno
    1 argolinha para bijuteria 
    Alicates de bijuteria
    Tinta prateada para artesanato 
    1 correntinha com fecho ou um fio de camurça ou outro tipo de material para fazer o colar
    Goma laca incolor ou verniz geral
    Álcool ou solvente de verniz

    Procedimento:

    Ligue a pistola de cola quente, enquanto ela for aquecendo, abra a argolinha para bijuteria com auxílio dos dois alicates e passe pelo orifício maior do reforço e feche outra vez com os alicates. Pelo lado de trás do reforço cubra os orifícios com pedaços de durex para a cola não vazar (foto da esquerda). 

    Aplique uma camada fina de cola quente no fundo do reforço, imediatamente, coloque o reforço sobre o papel sulfite e polvilhe por cima o glíter mais escuro, vire o reforço para baixo para deixar todo o excesso do glíter cair sobre o papel sulfite. Devolva este excesso ao recipiente do glíter. A esta altura já pode retirar o durex de trás do pingente. 

    Em seguida, aplique nova camada de cola quente, irregular, preenchendo bem todo o espaço do reforço, imediatamente, polvilhe por cima o glíter mais claro, vire o reforço como da outra vez e recolha o excesso do glíter. Com as pontas dos dedos vá apertando delicadamente o glíter sobre a cola, de forma que esta, ainda morna, fique com o formato arredondado do reforço enquanto fixa o glíter.

    reforço eixo disquete upciclagem pintura da drusa upciclagem pintura reforço
    Desligue a pistola de cola. Espere mais ou menos uma hora e veja se o pingente ficou certinho. Se ficar muito baixo, pode colocar mais um pouco de cola e repetir todo o processo. Se tiver ficado bom, pinte a lateral da drusa com a tinta prateada (foto do meio), pinte também a parte de trás do anel do reforço e os orifícios (foto da direita). Deixe secar por uma hora. Se tiver ficado alguma falha aparecendo a cola, passe a goma laca incolor ou o verniz, com o pincel somente na(s) parte(s) que ficou(aram) aparecendo e despeje mais um pouco do glíter escuro só nesse(s) local(is). Aguarde a secagem. Pode deixar de um dia para o outro.

    Finalmente, passe uma camada da goma laca ou verniz com pincel em toda a superfície da drusa e do reforço. Deixe secar e passe uma camada também na parte de trás. Depois de totalmente seco o pingente é só colocar no cordão escolhido e pronto!

    Você pode fazer vários, cada um de uma cor! Depois mande fotos de sua upciclagem! Se ficou com dúvidas, não hesite em me contatar aqui.

    Abraço,

    Angelyne

    Voltar à lista de PAPs


  3. Reciclagem/Upciclagem de zíper

    fevereiro 10, 2017 by Angelyne

    Voltar à lista de PAPs

    Existem muitas sugestões de reaproveitamento de zíper aí pela internet. Eu, particularmente, prefiro as que se referem a bijuteria. Vejam só:

    AVersaci2            AVersaci

    Esses dois exemplos acima são da designer Amalia Versaci. Veja mais criações dela no link: https://www.flickr.com/photos/amaliaversaci/collections/72157616784920432/

    Vamos ver aqui uma outra ideia interessante de bijuteria para upciclar zíper. Também encontrei na internet e já vem com o PAP. Sigam o link:  http://www.fabdiy.com/fashion-forward-zipper-bracelet/

    O site está em inglês, mas o PAP é só fotográfico então é fácil de entender. Se tiverem alguma dúvida me avisem.

    Abaixo estão as fotos da que eu fiz, seguindo as instruções das fotos. Não é uma graça?

    2017-02-10 18.44.53     2017-02-10 18.45.08

    Espero que tenha gostado e reaproveite os zíperes que você tem aí dando sopa!

    Abraço,

    Angelyne

    Voltar à lista de PAPs


  4. Cascas de ovos – 7 formas de reutilização

    maio 23, 2016 by Angelyne

     Voltar à lista de PAPs

    cascas

    Por que jogar fora o que se pode reciclar? Descubra 7 formas naturais e ecológicas de reutilizar as cascas de ovos.

    Compostas de até 97% de carbonato de cálcio, proteínas e minerais como o magnésio, potássio e/ou ferro, substâncias fundamentais para o bom desenvolvimento e funcionamento do organismo, as cascas de ovos oferecem inúmeras possibilidades de reutilização. Vamos ver algumas formas de reciclá-las, tanto em casa como no jardim.

    1 Enriquecimento da alimentação

    O cálcio é um mineral fundamental para a construção de ossos e dentes fortes, favorecendo uma infância mais saudável e evitando a osteoporose na velhice. As cascas de ovos podem enriquecer os alimentos na forma de farinha que pode ser incorporada a bolos, sopas, sucos, caldo de feijão, etc. Veja a receita da farinha no final deste artigo.

    2 Enriquecimento da compostagem

    O teor de cálcio, potássio e magnésio encontrado nas cascas dos ovos forma um composto ideal para o enriquecimento da compostagem, basta depositar as cascas quebradas em pedacinhos ao material da composteira ou diretamente no solo ao redor dos pés das plantas. Elas enriquecerão a terra ao se decomporem.

    3 Controle de pragas do jardim

    As cascas de ovos são eficazes para afastar naturalmente os insetos rastejantes. No jardim ou na horta distribuir as cascas picadinhas ao redor dos pés de forma a criar uma barreira natural contra os insetos rastejantes como lesmas, caracóis e lagartas. O cálcio altera o pH do solo tornando-o menos ácido o que afasta essas pragas que assim deixarão suas plantas em paz.

    4 Retirar sujeira incrustada

    Na categoria dos artifícios insólitos, saiba que é possível utilizar as cascas de ovos em pó para retirar as sujeiras de panelas e frigideiras difíceis de limpar. Misturando um pouco de pó de casca de ovo à esponja ensaboada obtêm-se um abrasivo natural muito eficaz.

    5 Alvejar roupas brancas

    Um artifício da vovó 100% natural. Para preservar a brancura das roupas, basta fazer uma bonequinha usando um pano branco limpo com um pouco de pó de casca de ovos e uma fatia de limão dentro, fechar muito bem e colocar junto com a roupa branca dentro da máquina de lavar. Lave a roupa branca normalmente. As cascas e o limão evitarão que ela se manche.

    6 Manter lâminas afiadas

    Use o pó de cascas de ovos para afiar lâminas. O atrito delas com o metal deixa-o afiado.

    7 Fazer artesanato

    Além das possibilidades acima, as cascas de ovos também podem ser utilizadas na forma de mosaicos na upciclagem de objetos diversos como vasos, caixas, garrafas, tecidos ou o que sua imaginação permitir, mas isto já é assunto para outros posts.

    farinha

    Image Google

    Preparo da farinha de cascas de ovos

    Se possível use cascas de ovos caipiras, criados de forma orgânica, isto é, sem hormônios e outros aditivos, o que renderá uma farinha ainda mais nutritiva.
    Toda vez que dispensar cascas, limpe-as antes de guardar.

    Como limpar as cascas:

    Para começar, retire a película ou membrana que reveste a casca internamente. Essa membrana deve ser descartada completamente para evitar mau cheiro.
    A seguir higienize as cascas, mantendo-as em água com algumas gotas de água sanitária. Depois lave-as em água corrente e então ferva-as por uns dez minutos.
    Retire-as da água e deixe que sequem completamente. Esse processo poderá ser feito ao sol ou no forno brando.

    Como fazer a farinha:

    Cascas de 10 ou 12 ovos já limpas e secas
    Bata no liquidificador pelo tempo suficiente para que se transformem num pó bem fino. Passe por uma peneira, para separar o pó dos pedacinhos maiores. Guarde a farinha em potes com tampa. Coloque etiqueta com a data do preparo.
    A farinha poderá ser armazenada por até seis meses, desde que em pote bem fechado, longe da luz e da umidade.

    Onde usar a farinha:

    Depois de pronta basta adicioná-la a bolos, caldos, feijão, molhos, saladas, sopas, sucos e vitaminas e onde mais sua imaginação e paladar permitirem.

    Como usar a farinha:

    Uma colher de café nas principais refeições é suficiente para suprir a carência de cálcio. Oriente-se com seu/sua nutricionista.

    Atenção – Importante:

    Não exagere na quantidade. Porque assim como a falta, o excesso de cálcio também pode ser prejudicial.

    Até a próxima,

    Angelyne

    Voltar à lista de PAPs


  5. PAP bandejas de isopor revestidas com filtro de café

    maio 14, 2016 by Angelyne

    Voltar à lista de PAPs

    Materiais: 

    Bandeja de isopor usada e higienizada
    Filtros de café já limpos (ver post anterior) em quantidade suficiente para revestir a bandeja
    Cola branca de rótulo azul
    Pincel macio largo
    Água
    Verniz  geral (ou verniz de barco, se quiser impermeabilizar a peça)

    Como fazer:

    2016-05-13 13.04.46

    Foto 1

    2016-05-14 12.51.50

    Foto 2

    Rasgue os filtros de café, com cuidado, em pedaços pequenos assimétricos (foto 1). Em um recipiente qualquer, pode ser um pote de margarina limpo, misture 2 partes de cola e 1 de água limpa. Pegue um pedaço de filtro, passe cola em um dos lados e vá colando na bandeja, começando pela parte interna, passando o pincel com cola por cima para que fixe bem sem deixar bolhas (foto 2).

    Em seguida pegue outro pedaço, passe cola e fixe na bandeja sobrepondo a borda do pedaço que já foi colado (foto 3). Repita este processo até recobrir toda a bandeja. Antes de passar cola no pedaço, veja qual a melhor posição para colocá-lo de forma a obter uma aparência harmoniosa.

    Foto 3

    Foto 3

    2016-05-14 13.01.54

    Foto 4

    Alterne pedaços mais claros com outros mais escuros (foto 4) para realçar o conjunto. Dê atenção especial aos cantos para que fiquem bem revestidos, sem dobras nem bolhas (foto 5).

    Foto 5

    Foto 5

    Depois da bandeja totalmente revestida, aplique uma demão da mistura de cola com água e deixe secar à sombra por, pelo menos, 5 horas. Você pode fazer isto à noite e deixar secar até o dia seguinte. Ao terminar não esqueça de lavar bem o pincel e deixar de molho em um pouco de água para sair toda a cola. Quanto ao pincel usado com o verniz, verifique no rótulo o solvente adequado e limpe bem o pincel para que não estrague.

    Quando a peça estiver bem seca aplique o verniz geral ou o verniz impermeabilizante uma vez, deixe secar bem e repita a aplicação deixando secar completamente. Se usar o verniz de barco sua bandeja poderá ser lavada sem prejudicar o revestimento. Entretanto, evite deixá-la em longo contato com a água. Quando for preciso, lave e já seque em seguida.

    Sua bandeja está pronta! ( foto 6 – ainda estou fazendo a minha, quando terminar coloco a foto aqui).

    Este procedimento de decoupage pode ser usado para bandejas plásticas, de madeira ou metálicas que ficaram feias com o uso. Pode ser usado também para caixas de papelão, garrafas e outros objetos rígidos.

    Tampo de mesa

    Tampo de mesa

    Se ainda tiver alguma dúvida, pergunte nos comentários ou contate-me aqui.

    Bom trabalho!

    Voltar à lista de PAPs