Posts Tagged ‘reutilizar’

  1. Reciclagem de tecidos, Bolsa dupla face

    abril 29, 2016 by Angelyne

    Olá Pessoal! Nosso PAP de hoje é sobre reciclagem de tecidos!

    Andei guardando uma porção de retalhos com mais ou menos 16 x 17 cm que faziam parte de mostruários de tecidos que foram descontinuados. Hoje vou usar alguns para fazer uma linda bolsa de retalhos adaptada do modelo de bolsa dupla face da artesã Rosana Pardo. Se você também tiver pedaços de tecido desse tamanho pode fazer como eu fiz, se tiver tiras de tecido de 60 cm x 15 cm pode fazer sem emendas.

    Materiais:

      • 16 retalhos quadrados de +/- 15cm  x 15cm (4 unidades de cada cor ou estampa, são 8 quadrados para uma face e 8 para a outra) OU
      • 8 tiras de +/- 60cm x 15cm (2 unidades de cada cor, das quais 4 tiras são para uma face e 4 para a outra)
      • 2 tiras de 8,5cm x 60cm para as alças
      • 2 tiras de R2 de 7cm x 60cm
      • 1 tirinha de +/- 4cm x 16,5cm para o fecho
      • Tesoura
      • Linha
      • 2 botões grandes
      • (opcional) manta acrílica na mesma medida dos tecidos, caso deseje forrar a bolsa

     

          Retalhos de tecidos  Retalhos de tecidos  retalhos

    Montagem

    Vamos começar preparando as alças e a tirinha do fechamento. Para fazer as alças, uma de cada vez, dobre as tiras ao meio ao comprido e passe uma costura, vire para o direito e encaixe a tira de manta e passe uma costura de cada lado como na foto. Para fazer a tirinha dobre o tecido ao meio, marque a dobra, abra o tecido e dobre cada borda para dentro até a marca, dobre novamente na marca, ficando então o tecido dobrado em quatro. Passe uma costura em cada borda, conforme a foto. 

    fotos alça e tirinha

    Em seguida vamos fazer o corpo da bolsa, costurando os quadrados alternadamente em 4 tiras. Para uma face da bolsa eu usei somente 2 motivos, um xadrez e um areia, já para a outra face eu usei 4 motivos, laranja, verde musgo, bege e um estampado com todas essas cores, isso vai depender do seu gosto e do material que você tiver disponível, afinal estamos fazendo uma reciclagem de tecidos. Eu fiz sem manta, mas se você quiser pode forrar as tiras com manta.

      retalhos quadriculados  catavento retalhos coloridos

    Depois de unidos os quadrados em tiras, vamos posicioná-los no formato de um catavento, veja a foto do meio, e passar uma costura unindo as quatro tiras nessa posição. Isto feito, vamos começar a construir os lados da bolsa. Acompanhe as fotos abaixo e você irá entender como unir cada lado até onde der, ficando quatro pontas no final.

    fotos da montagem

    Procedemos exatamente da mesma forma com os quadrados da outra face da bolsa, costurando-os até formar as quatro pontas no final. Em seguida vamos virar um dos lados do avesso e encaixar a outra face dento dele de forma a ficar direito contra direito porque vamos passar uma costura em toda a volta, pelo avesso, para unir as duas faces, deixando um espaço sem costura para desvirar a bolsa depois, antes porém vamos posicionar as alças e a tirinha de abotoamento, como você pode ver nas fotos.

    foto do encaixe das partes + colocação da alça e tirinha

    Acabamento

    Por fim vamos virar a bolsa para o direito pelo espaço sem costura, ajeitar as duas partes passando uma costura ao redor de toda a junção. Para finalizar fechamos o espaço sem costura com pontinhos invisíveis e pregamos os dois botões, um de um lado e outro do outro no mesmo lugar, conforme a foto.

    Aí está a nova bolsa, feita com reciclagem de tecidos, prontinha para você usar, presentear ou vender!

    Se ainda tiver alguma dúvida não hesite em me contatar aqui ou assista o vídeo da artesã Rosana Pardo!


  2. Reaproveitando Sobras de Refeições

    abril 25, 2016 by Angelyne

    2015-11-14 11.33.10

    Cozinhar é um ato de amor!

    É gratificante preparar uma bela refeição e ver a satisfação dos comensais ao saborear os quitutes!

    E uma bela refeição não significa caviar regado a champanhe.

    Absolutamente! Uma refeição equilibrada, com proteínas, vitaminas e uma boa aparência é o suficiente para satisfazer ao paladar e saciar a fome.

    Para que as refeições não se tornem repetitivas, podemos fazer um prato diferente todos os dias. Mas o que fazer com as sobras que inevitavelmente acabam restando?

    Primeiramente, devemos retirá-las das panelas e colocá-las em potes limpos, que fechem bem, e guardá-las na geladeira ou freezer. Se na geladeira, não devemos guardá-las mais que quatro ou cinco dias. Se no freezer, estando bem fechadas, não mais que um ou dois meses.

    Depois é só ir utilizando as sobras, nos dias que se seguem, da mesma forma que foram preparadas ou transformando-as em outra preparação.

    Em se tratando de verduras ou legumes refogados ou cozidos podemos simplesmente aquecê-los e usá-los ou podemos incrementar a refeição transformando-os em apetitosos suflés para acompanhar um arroz com feijão fresquinhos!

    Se forem sobras de feijão e arroz, carne, linguiça, podemos fazer um “mexidinho” para acompanhar com uma saladinha verde!salada

    No caso de sobras de churrasco, podemos picar as carnes, frango e linguiças e preparar uma bela farofa ou um acebolado misto para servir com arroz e feijão fresquinhos ou desfiá-los e misturá-los a uma boa salada.

    Aquelas sobras de macarrão ficarão deliciosas se forem gratinadas no forno com creme!

    Em próximos posts vou colocar aqui umas receitinhas de upciclagem de sobras de comida que você poderá usar no dia a dia.

    São dicas bem simples que podem ajudar a variar o seu cardápio sem gastar muito e sem despediçar nada.

    Um abraço,

    Angelyne

     


  3. Artesanato ecológico e fonte de renda adicional

    outubro 9, 2013 by Angelyne

    Não me agrada ser repetitiva, pois certamente você já ouviu falar muito sobre a degradação do planeta, mas como este é um assunto de suma importância, que está sempre na moda, acho que vale a pena voltar a ele sempre que possível.

    Podemos minimizar o descarte de materiais domésticos através da sua reutilização, transformando-os em utensílios com novas finalidades, agregando-lhes valor. Isto é upciclagem.

    Embalagens de tetrapack podem ser transformadas em bolsas, carteiras, porta-cartões e o que mais a sua criatividade idealizar. O BOPP, material metalizado usado nas embalagens de biscoitos, farofas, salgadinhos, café, gelatina, balas, etc, pode ser usado em dobraduras na criação de bolsas e outros utensílios ou em fio tecido em crochê ou tricô na criação de sacolas e bijuterias.

    As cascas de ovos podem se tornar lindos mosaicos sobre diversas bases, inclusive tecidos. Garrafas PET, latinhas de refrigerantes, latas de atum, etc, podem se tornar a matéria-prima de bijuterias, enfeites para decoração, bastando apenas criatividade e dedicação.

    Filtros de café usados podem ser upciclados de diversas formas. Podem ser tingidos ou usados ao natural no revestimento de objetos de MDF, vidro, plástico, isopor, conferindo-lhes o aspecto de couro. Retalhos de tecidos são preciosos no revestimento de diversos substratos, resultando em lindas peças artesanais.

    Como pode ver, são infinitas as possibilidades de upciclagem de produtos descartáveis. Podemos experimentar um pouco de tudo para saber o que mais nos agrada fazer.

    Se você está achando que não vale a pena, considere ainda a possibilidade de obter uma renda adicional através desta atividade.

    Precisa de terapia? Faça artesanato! Você se surpreenderá com os resultados!