Sabão caseiro com óleo de cozinha usado


Você faz frituras em casa? Tem sobras de óleo usado que não sabe como descartar sem prejudicar o meio ambiente? Que tal usá-lo para fabricar um sabão caseiro de ótima qualidade?

02/06/2016 by Angelyne

Voltar à lista de PAPs

sabão

Óleo de cozinha usado é um problema na hora do descarte! Então que tal transformá-lo em sabão?

O sabão é um produto essencial na higienização, eliminando grande parte das bactérias contidas em alimentos, objetos e até nos seres humanos.

Veja como é fácil de fazer!

Você vai precisar dos seguintes materiais:
(que deverão ser usados exclusivamente para esta finalidade)

1 balde liso com capacidade para 10 litros
1 jarra plástica medidora com capacidade de 1 litro
2 bandejas plásticas retangulares* de mais ou menos 35 x 30 x 8 cm
1 cabo de vassoura de madeira ou algo equivalente

Ingredientes:

5 litros de óleo de cozinha usado em frituras e coado
1 litro de soda cáustica líquida ou 1 kg em escamas
1 litro de água limpa
1/2 litro de desinfetante líquido com o aroma de sua preferência
1/2 litro de detergente líquido biodegradável
1 copo de sabão em pó

Modo de fazer:

Em um ambiente bem ventilado, coloque a soda no balde, acrescente o óleo coado e os outros ingredientes. Mexa sem parar com o cabo de vassoura até a mistura encorpar e ficar
como um mingau bem grosso. Varia de 30 a 50 minutos dependendo da temperatura e umidade do ar. Em dias quentes e secos o processo é mais rápido.

Despeje a mistura nas bandejas plásticas apoiadas em local plano. Cubra com um pano limpo para não pegar pó. Deixe secar a sombra por, pelo menos 24 horas, então corte a massa em pedaços do tamanho que quiser. Cubra novamente e deixe descansar por mais 1 ou 2 dias, em local seco, até endurecer completamente. Seu sabão estará pronto para uso.

* você pode substituir as bandejas por caixas de leite ou suco (tetra pak) tantas quantas forem necessárias para acomodar toda a massa obtida.

Em caso de dúvida, não hesite em me contatar aqui.

Angelyne

Voltar à lista de PAPs


Nenhum Comentário »

No comments yet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *